Buscar
  • Drª Priscila Raso | Nutricionista

Aflatoxina? O que é? Devo me preocupar?


É uma substância produzida por fungos do gênero Aspergillus e que se desenvolve devido ao mal manejo de produtos pós colheita.


Foi descoberta em 1960, na Inglaterra, após a morte de 1.000.000.000 de aves (principalmente perus). O surto ficou conhecido mundialmente como “TURKEY x DISEASE”. Depois de alguns estudos, foi concluído que o problema estava na ração que, a composição, continha amendoim proveniente da África do Sul e do Brasil.


Geralmente, produtos como milho, nozes, algodão e amendoim após colhidos devem ser armazenados em silos com controle de umidade para que haja não haja condições do desenvolvimento desse fungo. O fungo em si “não faz mal”, o problema está nos metabólitos que ele produz (as aflatoxinas). Elas são termorresistentes ou seja, não deterioram com a ação do calor.


Estão ligadas a problemas hepáticos e renais, podendo aumentar as chances de cânceres.

Como podemos nos prevenir de contaminação? Evitando o consumo de transgênicos, no caso dos amendoins, sempre optar por marcas que contenham do selo ABICAB (vou fazer a próxima postagem sobre isso).


Vale lembrar que a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) permite uma contaminação de 20% de aflatoxinas em produtos derivados do amendoim (paçoca, por exemplo), enquanto que os produtos destinados à exportação, podem conter apenas 2%, ou seja: o consumidor brasileiro fica 10x mais exposto aos riscos de contaminação.


Você que adotou à moda da pasta de amendoim, sabia disso? Pesquisem BEM a procedência do amendoim dos produtos derivados.

1 visualização

SÃO PAULO

Rua Cubatão, 436 - 7º andar Cj. 72 - Metrô Paraíso.

Nutricionista
CRN 48716

  • whatsapp-1
  • msfnwjkn
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • LinkedIn Social Icon

©2020 por Priscila Raso. Todos os direitos reservados.