Buscar
  • Priscila Raso

Ansiedade: a nutrição além das calorias


Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil tem a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no MUNDO e, diferentemente do que a grande maioria imagina, a nutrição tem um papel incrível no processo de melhora do quadro, tanto quanto a psicoterapia e o tratamento farmacológico.

Alguns nutrientes desempenham papel importantíssimo na melhora do quadro:

- BIOTINA, COBALAMINA E FOLATO: são vitaminas do complexo B que têm papel importante na modulação do humor. Produzem neurotransmissores e apoiam a transmissão de estímulos adequadamente. FONTES: vegetais verde-escuros (brócolis, couve, agrião, rúcula), castanhas, amendoim e ovos.

- MAGNÉSIO: atravessa a barreira hematoencefálica e desempenha um papel de guardião do sistema de resposta ao estresse, bloqueando a entrada de hormônios estressores. A deficiência desse mineral, está intimamente associada ao aumento da ansiedade. FONTES: cacau, abacate, nozes e semente de girassol.

- L-TEANINA: modula os neurotransmissores, além de aumentar a clareza cerebral e a concentração. FONTES: cogumelos, chá verde e matchá.

-L-TRIPTOFANO: precursor de serotonina (hormônio da satisfação/prazer). FONTES: banana, grão-de-bico, açaí e ovos.

Além disso, vale ressaltar que uma alimentação pobre em alimentos ultraprocessados, ricos em açúcares e frituras podem auxiliar e muito na melhora do quadro. Lembrando que nenhuma dessas orientações substitui o uso de fármacos. Converse com seu médico.

#ansiedade #transtornodeansiedade

0 visualização

SÃO PAULO

Rua Cubatão, 436 - 7º andar Cj. 72 - Metrô Paraíso.

Nutricionista
CRN 48716

  • whatsapp-1
  • msfnwjkn
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • LinkedIn Social Icon

©2020 por Priscila Raso. Todos os direitos reservados.